Sustentabilidade

Papo responsável

Crédito: Divulgação

Consultoria especializada em inovação consciente, a Mandalah ajuda organizações a entenderem e melhorarem o impacto que causam no planeta. Victor Cremasco, que copreside a empresa ao lado de Lourenço Bustani, falou com a DINHEIRO.

Está na moda falar em propósito corporativo. Do que se trata?
“Propósito é um novo modelo de operar os negócios. Nele, o objetivo principal não é o comércio ou o lucro. É gerar impacto positivo sistêmico na vida das pessoas. Esse modelo cria uma relação de fidelidade do consumidor e aumenta o engajamento do trabalhador com o negócio. O lucro é consequência.”

Como aterrizar o propósito na empresa?
“Criando uma cultura organizacional que reflita e alimente o propósito estabelecido. É uma mudança de hábito similar à do indivíduo: é preciso saber o porquê de a empresa existir, deixar de lado as atitudes que não servem mais e ser constante na execução das novas práticas. Por exemplo, quando a Vivo define que seu propósito é o ‘Digitalizar para Aproximar’, ela escutou seus funcionários e toda a liderança compactuou com o decidido.”

Qual impacto no negócio?
“Funcionários mais engajados aumentam a produtividade e a capacidade de inovação da empresa. Já clientes fiéis tendem a comprar mais recorrentemente. Tudo isso traz impacto direto na receita.”

(Nota publicada na edição 1220 da Revista Dinheiro)