Edição nº 1074 15.06 Ver ediçõs anteriores

Paper Excellence embaralha a disputa pela Fibria

Paper Excellence embaralha a disputa pela Fibria

No domingo, 11 de março, o negócio entre Fibria e Suzano estava praticamente fechado. Faltava apenas o BNDES dar o aval para a transação, coisa que aconteceria na segunda-feira, 12 de março. Mas eis que a holandesa Paper Excellence, controlada pela família Wijaya, a mesma que é dona da Asia Pulp and Paper (APP), oficializou uma proposta arrebatadora na manhã da mesma segunda-feira. Ela ofereceu R$ 40 bilhões pelo controle da companhia e embaralhou novamente um negócio que caminhava para um desfecho final com as bênçãos do BNDES. Agora, com esse novo cenário, Suzano terá de voltar à mesa de negociação com uma proposta, no mínimo, semelhante para levar a companhia.


Mais posts

A receita do dono do iFood

Fabricio Bloisi, CEO e fundador da Movile, empresa de tecnologia dona de marcas consagradas internacionalmente como iFood e PlayKids, [...]

Os ambiciosos planos do banco ING

Há seis meses no comando do banco holandês ING no Brasil, o executivo Samuel Canineu lidera uma operação de atacado com ativos de R$ 20 [...]

Os estrangeiros estão calmos

A instabilidade do câmbio apresentada nas últimas semanas chamou a atenção até de quem está acostumado com o vai-e-vem da moeda [...]

Charge da semana

(Nota publicada na Edição 1074 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Pedro Arbex)

A caminho de 2021

A GuardeAqui, a maior empresa de self storage do Brasil, anunciou recentemente a aquisição da SelfStok, de Brasília, e chegou ao número [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.