Negócios

Pantera Negra arrebenta recorde de bilheteria nos EUA

Graças ao Dia dos Presidentes nos EUA na segunda-feira, 19, os ganhos estimados do "Pantera Negra" foram impulsionados para um estratosférico de US$ 218 milhões - esmagando "Deadpool", o recorde de 2016 do dia dos presidentes, de US$ 152,1 milhões. Saiba mais

Crédito: Yasuyoshi CHIBA/AFP

Fãs assistem o filme "Pantera Negra" em 3D durante uma sessão de cosplay em Nairobi, no Quênia (Crédito: Yasuyoshi CHIBA/AFP)

Assim que os Estados Unidos iniciaram o fim de semana prolongado, o “Pantera Negra”, da Disney, teve um começo digno de super-heróis na bilheteria norte-americana, atingindo o primeiro lugar com ganhos estimados em US$ 218 milhões, revelaram os dados no domingo.

De acordo com os números da indústria, a tão esperada 18ª estreia no universo da Marvel no cinema ganhou US$ 192 milhões na sexta-feira, 16, sábado, 17, e domingo, 18 – superando as previsões de US$ 170 milhões.

Graças ao Dia dos Presidentes nos EUA na segunda-feira, 19, os ganhos estimados do “Pantera Negra” foram impulsionados para um estratosférico de US$ 218 milhões – esmagando “Deadpool”, o recorde de 2016 do dia dos presidentes, de US$ 152,1 milhões.

O filme, de propriedade da Disney Marvel Studios, apresenta um elenco de estrelas, quase totalmente negro, liderado por Chadwick Boseman como o primeiro super-herói não-branco a obter seu próprio filme na franquia.

Estrelando ao lado de Michael B. Jordan e Lupita Nyong’o, Boseman interpreta o super-herói, também conhecido como T’Challa, rei e protetor da nação africana fictícia altamente tecnológica de Wakanda, uma utopia afluente e nunca colonizada.

Em segundo lugar, foi o filme família “Peter Rabbit”, baseado no clássico livro infantil de Beatrix Potter. Misturando atores ao vivo com animação gerada por computador, o filme trouxe cerca de US$ 22,1 milhões durante o fim de semana de feriado, totalizando US$ 53,1 milhões.

Caiu para o terceiro lugar na bilheteria “Cinquenta tons de liberdade” da Universal, com receitas de US$ 19 milhões, abaixo de US$ 38,6 milhões da semana anterior.

Estrelando Dakota Johnson como protagonista, Anastasia Steele e Jamie Dornan, como Christian Grey, seu marido amado e amante, “Liberdade” é a última parte da trilogia “Cinquenta tons de cinza”, que tem uma grande popularidade entre as mulheres.

“Jumanji: Bem Vindo à Selva”, da Sony, ficou em quarto lugar na sua nona semana nos cinemas, combinando os ganhos da semana passada com US$ 10 milhões.

Com Dwayne “The Rock” Johnson, Kevin Hart e Jack Black, o filme familiar conta o conto de um grupo de adolescentes transportados dentro de um mundo de videogames.

Completando os 10 principais foram:

“15h17 – Trem Para Paris” (US$ 9 milhões)

“O Rei do Show” (US$ 6,3 milhões)

“O Homem das Cavernas” (US$ 4,2 milhões)

“Maze Runner: A Cura Mortal” (US$ 3 milhões)

“A Maldição da Casa Winchester” (US$ 2,7 milhões)

“Sansão” (US$ 2,4 milhões)