Edição nº 1109 22.02 Ver ediçõs anteriores

País fossilizado

País fossilizado

Bruma assassina: poluição atmosférica na cidade de São Paulo. Mais mortes do que o trânsito

Entre 2013 e 2017, o Brasil gastou R$ 342,36 bilhões em subsídios para combustíveis fósseis, por meio de renúncias fiscais e gastos diretos. Uma pesquisa lançada pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) estima que são R$ 68,6 bilhões a cada ano, o equivalente a 1% do PIB e a quase dois programas Bolsa-Família. Após a greve dos caminhoneiros, o momento é considerado oportuno pelo Inesc para discutir os impactos dessas estratégias e os seus reais benefícios para a economia, para a criação de empregos e para baixar os custos de energia para as famílias e empresas. Esses dados também podem nortear estratégias para utilizar recursos financeiros no mesmo nível para substituir esses combustíveis por fontes de energia alternativas.

Segundo um relatório publicado pela revista científica The Lancet, a poluição matou 101.739 pessoas no Brasil em 2015, o equivalente a 7,49% do total de mortes no País. Com base em dados da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), o Instituto Saúde e Sustentabilidade afirma que os poluentes atmosféricos causam 31 mortes precoces por dia no Estado de São Paulo. Foram 11.200, em 2015, mais o que as mortes causadas por acidentes de trânsito (7.867). O setor de óleo e gás se beneficia de regimes especiais de tributação, como o Repetro – Regime Aduaneiro Especial de Exportação e de Importação, voltado à pesquisa e lavra de jazidas de petróleo e de gás natural, que venceria em 2020, mas foi renovado, no ano passado, até 2040.

(Nota publicada na Edição 1075 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Barragens como a de Brumadinho serão desativadas até 2023

Foram necessárias três tragédias, com número crescente de mortos, para que o governo federal decidisse enfim tomar providências. Os [...]

Leilão que muda vidas na África

A Dimension Data, patrocinadora oficial de tecnologia da competição de ciclismo Tour de France, realizou um leilão virtual para a venda [...]

O ministro do Meio Ambiente me bloqueou…

Quem nunca excluiu uma amiga ou um amigo das redes sociais que atire a primeira pedra. Geralmente, isso acontece depois de alguma [...]

Um aliado itinerante no combate à hanseníase

A hanseníase, antigamente conhecida como lepra, é uma doença crônica e transmissível, mas curável. Ela causa, sobretudo, lesões de pele [...]

É feio, mas é gostoso

Se você está acostumado a perder longos minutos em busca da fruta ou da verdura ideal para colocar no carrinho de compras, essa [...]
Ver mais
X

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.