Negócios

PagSeguro estreia em Nova York com alta de 31%

PagSeguro estreia em Nova York com alta de 31%

O cantor Michel Teló, garoto-propaganda do PagSeguro

Em sua estreia na bolsa de valores de Nova York (Nyse), a PagSeguro abriu o pregão com alta de 31% em relação ao valor original, de US$ 21,50. Às 14h30, segundo a Bloomberg, o papel era negociado a US$ 28,25.

A empresa de meios de pagamento levantou, com o IPO (Oferta Pública Inicial de Ações, na sigla em inglês), US$ 2,7 bilhões. Segundo O Estado de S. Paulo, um dos motivos para a euforia com o lançamento das ações da PagSeguro é o aumento do otimismo do investidor com a recuperação econômica brasileira.

A empresa precificou seus papeis em US$ 21,50, acima da faixa de preço original, que estava entre US$ 17,50 e 20,50. A alta demanda, cerca de 10 vezes acima da oferta, permitiu aos gestores elevar o valor de face.

Com a alta, fica claro que eles estavam certos. Porém, fica a dúvida: seria possível ter pedido mais pelas ações?

O resultado pode servir aprendizado para uma rival da PagSeguro, a Stone Pagamentos. Também segundo O Estado de S. Paulo, a empresa possui planos para realizar um IPO em Nova York ainda este ano.

Fontes afirmaram ao jornal que a empresa aguardava a precificação do IPO da PagSeguro para prosseguir com os planos de oferta de ações.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança