Política

Padre de 82 anos que criticou governo Bolsonaro é alvo de perseguição em Fortaleza

Crédito: Reprodução/Facebook Lino Allegri

Aos 82 anos, padre Lino Allegri sofre campanha de perseguição bolsonarista em Fortaleza (Crédito: Reprodução/Facebook Lino Allegri)

O padre italiano Lino Allegri, há mais de 50 anos no Brasil, é o alvo mais recente de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após críticas feitas ao governo em missa na Paróquia da Paz, em Fortaleza (CE). Aos 82 anos de idade, o pároco sofreu intimidações e não voltou a conduzir as cerimônias religiosas.

Tudo começou em 4 de julho, quando Allegri afirmou que o governo Bolsonaro era responsável pelas mais de 500 mil mortes pela covid-19 no Brasil. Então, segundo a agência Ansa, sete mulheres e um homem invadiram a sacristia para chamar o padre de “esquerdopata, comunista, petista”.

+ Bolsonaro volta a falar contra segurança de urnas eletrônicas e atacar Barroso

+ Bolsonaro diz que oferta de vacina superfaturada era estratégia de empresários



Nos próximos finais de semana ocorreriam novas confusões. Em 11 de julho, mesmo sem a presença do padre Lino, um apoiador bolsonarista começou a gritar palavras de ordem, o que gerou novo atrito.

Em 18 de julho, nova tentativa de intimidação por um grupo vestindo camisas verde e amarelo com o número 17 às costas. Segundo o jornal Metrópoles, o grupo invadiu a igreja para atacar o padre, e a missa precisou terminar com duas viaturas da Polícia Militar para evitar qualquer problema mais grave.

“Esse negócio da doutrina dos oprimidos, isso tudo não é para ser praticado aqui”, disse o coronel Ricardo Bezerra ao jornal O Povo. “O padre proselitista peca com tudo isso. Vai perder muitos fiéis se continuar nessa linha”.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), mandou instaurar inquérito para apurar as ameaças ao padre italiano.

“O Sacerdote e o pastor não podem se calar quando a vida está sendo desrespeitada e violentada”, disse Allegri ao Metrópoles.

 

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago