Economia

Pacote de infraestrutura tem que ser transformador, diz Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, afirmou nesta quinta-feira que o pacote de infraestrutura proposto pelo governo americano “não pode ser muito pequeno”. Ao ser questionada, durante uma coletiva de imprensa, se os democratas estariam dispostos a reduzir o montante dos gastos com obras para garantir o apoio dos republicanos, a líder respondeu que está disposta a ouvir ideias, mas que o projeto precisa ser “transformador”.

Na semana passada, o presidente norte-americano, Joe Biden, apresentou os detalhes do pacote de US$ 2 trilhões, que, entre outras coisas, prevê investimentos em energias renováveis e um aumento do imposto corporativo de 21% para 28%. “O que o presidente propôs é apropriado”, declarou Pelosi.

Ela destacou que a proposta também capacitará a força de trabalho.

De acordo com a democrata, os esforços para aprovar a legislação têm que “envolver todos”. “A infraestrutura não era uma questão partidária no passado. Esperamos que não seja agora”, afirmou.

Pelosi também foi questionada sobre o uso da resolução orçamentária conhecida como “reconciliação”. O dispositivo permite a aprovação de leis por maioria simples no Senado, onde o partido de Biden tem uma maioria apertada.

De acordo com Pelosi, a “reconciliação” seria uma alavanca para passar o projeto, como ocorreu com a aprovação do pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão em março. Ela, contudo, disse esperar que os democratas não precisem usar a regra.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel