Finanças

Ouro interrompe sequência de ganhos e fecha em queda

O contrato futuro mais líquido de ouro fechou em queda nesta sexta-feira, 11, interrompendo o processo de recuperação que havia começado no início da semana, em meio à aversão ao risco advinda das incertezas decorrentes do Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para dezembro encerrou em baixa de 0,83%, a US$ 1.947,90 a onça-troy, mas teve alta de 0,70% na semana.

“O ouro ainda parece otimista, mas terá dificuldade para romper o nível de US$ 2 mil a onça-troy novamente até que o dólar retome sua tendência de baixa”, explica o analista Edward Moya, da Oanda.

As últimas sessões foram marcadas por uma cautela que beneficiou o metal precioso. Logo no início da semana, o Reino Unido divulgou um projeto de lei que impõe regras alfandegárias à Irlanda do Norte, em uma medida que, para Bruxelas, viola os termos do acordo de separação. O impasse acabou alimentando certa prudência nos mercados, o que tende a beneficiar o ouro, considerado reserve de segurança.

Hoje, contudo, o rali teve uma pausa. “A incerteza da eleição presidencial nos Estados Unidos, os problemas do Brexit, as tensões comerciais, os elevados pedidos de seguro-desemprego e a mudança de política do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) podem desencadear uma corrida por dinheiro a curto prazo, o que seria negativo para o ouro”, explica Moya.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

mercado de ouro