Finanças

Ouro fecha em baixa, pressionado por dólar ainda forte após ata do BC dos EUA

O ouro fechou a quinta-feira, 20, em baixa, após pressão com ganhos do dólar diante da divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) na tarde da quarta-feira, 19.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para dezembro fechou em queda de 0,41%, a US$ 1.962,30 a onça-troy, perdendo, portanto, a marca de US$ 2 mil, o que já havia ocorrido na quarta-feira.

A força do dólar no exterior torna commodities mais caras para detentores de outras divisas, contendo a demanda.

Antes da divulgação da ata, a moeda americana havia atingido mínima em dois anos com relação a uma cesta de outras divisas principais.

Em análise antes da divulgação, o Julius Baer avaliava que não via sinais de investidores comprando massivamente os metais, e que os ganhos refletiam a “enfraquecimento” do dólar, tendência parcialmente revertida.

A correlação entre os Treasuries e o ouro tem sido uma constante no mercado internacional. O Commerzbank indicou que na última ata não houve “nenhum indicação de um iminente controle na curva de yield”.

A queda do metal na última quarta-feira sugere um “processo de consolidação”, na avaliação do banco, e pode representar reajustes após as grandes altas dos últimos meses.

Os dados do mercado de julho foram divulgados nesta quinta-feira pelo Swiss Federal Customs Administration, e indicaram uma queda contínua nos envios do metal para a Ásia.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

mercado de ouro