Finanças

Ouro fecha em baixa e tem primeira perda semanal em 10 semanas, corrigindo rali

O contrato futuro de ouro mais líquido encerrou em queda nesta sexta-feira, 14, e registrou a primeira semana de perdas em 10 semanas, corrigindo o forte rali registrado recentemente. Apesar da aversão ao risco nos mercados financeiros globais nesta sexta-feira, que tende a beneficiar o metal precioso, a commodity firmou o processo de realização de lucro, após chegar a ultrapassar a marca de US$ 2 mil a onça-troy pela primeira vez.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange, a onça-troy do ouro para dezembro encerrou em baixa de 1,04%, a US$ 1.949,80, com perda semanal de 3,86%, a primeira desde 5 de junho.

O Commerzbank explica que, após a forte queda verificada na segunda-feira, a cotação do ouro tentou se recuperar nos dois dias seguintes, mas a retomada acabou perdendo força. “Isso confirma nossa visão de que a recuperação demorará e será acompanhada de contratempos”, analisa o banco, em relatório.

Perspectivas para o retorno da atividade econômica também podem prejudicar o metal. O Departamento do Comércio dos Estados Unidos informou que as vendas no varejo subiram 1,2% em julho ante junho, mostrando que o setor continua se recuperando do impacto do coronavírus.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

mercado de ouro