Finanças

Ouro fecha em baixa com percepção de que coronavírus avança em ritmo mais lento

Depois de quatro sessões consecutivas de ganhos, os contratos futuros do ouro fecharam em queda nesta terça-feira, 11, em meio a uma menor busca por segurança no mercado devido à percepção de que o coronavírus avança em ritmo mais lento.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para abril caiu 0,60%, a US$ 1.570,10 a onça-troy.

Nesta terça, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que uma vacina contra o coronavírus pode estar pronta em 18 meses.

Segundo o órgão, há mais de 42 mil casos da doença confirmados e pelo menos 1.017 mortes na China.

“Um vírus tem o potencial de ter mais consequências ruins do que um ataque terrorista”, disse o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“A preocupação de um surto global significativamente problemático foi substituída pelo otimismo das autoridades chinesas em relação a um possível pico do vírus neste mês”, comentam analistas da Zaner Metals.

Segundo eles, porém, para que a doença chegue ao pico será necessária uma “desaceleração diária consistente de novos casos”.

Já o estrategista de mercado Stephen Innes, da AxiCorp, afirma que “houve muito pouco interesse pelo ouro nos últimos dias” devido à força do dólar, o que deixa o metal precioso mais caro para detentores de outras divisas.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

mercado de ouro