Finanças

Ouro fecha em alta e atinge maior nível desde 7 de janeiro

Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta sexta-feira, 24, no nível mais alto desde 7 de janeiro, em meio a um movimento de busca por segurança no mercado devido a preocupações com o novo coronavírus. O ouro para fevereiro subiu 0,42%, a US$ 1.571,90 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), com ganho semanal de 0,74%.

Os temores com a disseminação do coronavírus aumentaram hoje com a confirmação do segundo caso da doença nos Estados Unidos.

Além disso, há relatos de uma terceira pessoa infectada no país. Na China, o número de casos confirmados chegou a 897 hoje e já há 26 mortes.

Na visão de Carolina Bain, economista-chefe de commodities da Capital Economics, “o preço do ouro permanecerá elevado até que o vírus seja controlado”.

A especialista comenta que o metal precioso ultrapassou a marca de US$ 1.560 a onça-troy na terça-feira, mas “apesar de muita volatilidade, o preço do ouro ficou quase estável na semana”, após a Organização Mundial da Saúde (OMS) ter decidido não declarar emergência global pelo surto de coronavírus.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?