Finanças

Ouro fecha em alta com persistência de certa cautela com coronavírus

Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta quinta-feira, 6, com o avanço do coronavírus no radar, ainda que a cautela em relação à doença tenha diminuído com relatos de avanço na fabricação de vacinas na China e no Reino Unido.

O ouro para abril encerrou o pregão em alta de 0,46%, a US$ 1.570,0 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esta quinta foi o primeiro dia em que os casos de coronavírus na China diminuíram. Representantes da entidade afirmaram, no entanto, que não há evidências de que o surto tenha chegado ao pico.

Na China, O número de pessoas infectadas pelo vírus já ultrapassou 28 mil e há pelo menos 590 mortes.

“Os mercados se mantêm muito sensíveis a qualquer desenvolvimento relacionado ao coronavírus”, comentam os estrategistas de commodities Warren Patterson e Wenyu Yao, do ING.

Na visão do analista de mercado Edward Moya, da corretora americana Oanda, “os preços do ouro devem permanecer apoiados, já que o coronavírus não mostrou sinais de atingir o pico”.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”

+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

mercado de ouro