Finanças

Ouro fecha em alta com interesse alto de investidor em meio a incertezas

Os preços do ouro fecharam em alta nesta sessão de quarta-feira, com analistas e investidores acompanhando os diversos focos de incerteza que afetam os mercados no exterior. O contrato futuro do metal para dezembro subiu 0,59%, para US$ 1.512,80 a onça-troy.

As divergências entre os Estados Unidos e a China seguem no topo das preocupações dos investidores, após os EUA anunciarem na terça restrições a vistos de chineses que segundo Washington estariam envolvidos em uma “campanha altamente repressiva” contra minorias muçulmanas no território autônomo de Xinjiang, no noroeste da China.

Assim, mesmo com a reação positiva das ações à notícia do Financial Times de que Pequim vai oferecer aumentar as suas compras de soja em 10 milhões de toneladas anualmente, permaneceu forte a demanda pelo ouro, visto como um ativo de segurança.

“Acreditamos que as tratativas comerciais vão se provar muito difíceis, de fato. O interesse de investidores no ouro permanece alto, como se pode ver pelos contínuos fluxos positivos para ETFs (fundos de índice) de ouro”, escreve o analista do Commerzbank Daniel Briesemann. “Embora a marca de US$ 1.500 (a onça-troy) ter exercido uma puxada considerável sobre o ouro em semanas recentes, e embora o ouro tenha achado difícil se desprender desse patamar, acreditamos que o preço do ouro está bem suportado.”

Tópicos

mercado de ouro