Finanças

Ouro fecha em alta, com apuração eleitoral dos EUA no radar e dólar fraco

O contrato futuro de ouro registrou alta nesta quinta-feira, 5, com investidores ainda à espera de resultados finais na disputa eleitoral dos Estados Unidos. O metal foi sustentado pela fraqueza do dólar e subiu mesmo em dia de maior apetite por risco nos mercados internacionais em geral.

O ouro para dezembro fechou com ganho de 2,67%, em US$ 1.946,80 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

O movimento do câmbio de hoje torna o ouro mais barato para os detentores de outras moedas, o que tende a aumentar a demanda pelo metal. A Sucden Financial argumenta também, em relatório, que as compras eram apoiadas pelo quadro ainda indefinido na disputa eleitoral pela Casa Branca.

Já o Commerzbank dá menos peso à disputa eleitoral, por considerar o democrata Joe Biden cada vez mais favorito, e diz que o ouro sobe com o câmbio e também diante do recuo nos retornos dos Treasuries – os bônus concorrem com o metal precioso como opção segura de investimento. O Commerzbank cita ainda, em sua análise, que o Senado pode seguir sob controle republicano nos EUA, o que reduz as chances de um grande pacote fiscal. Com isso, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) deve manter uma política monetária bastante relaxada, projeta o banco alemão, o que tende a conter os juros dos Treasuries, com isso apoiando o ouro.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

mercado de ouro