Finanças

Ouro fecha em alta, ajudado por fraqueza do dólar

O ouro fechou com ganho, nesta quinta-feira, 29. O metal foi apoiado pelo recuo do dólar, enfraquecido após a decisão de política monetária de ontem do Federal Reserve (Fed, o banco central americano).

O ouro para agosto fechou em alta de 1,75%, em US$ 1.831,20 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

O Fed manteve os juros, como esperado, mas também reforçou sua postura sem pressa de elevar os juros, mantendo a acomodação monetária, o que tende a pressionar o dólar. O ouro é cotado na moeda americana e, nesse caso, fica mais barato para os detentores de outras divisas, o que apoia a demanda.

Além disso, o Commerzbank afirma em relatório que a demanda pelo ouro teve uma recuperação no segundo trimestre. Na avaliação do banco, há ainda mais potencial de alta na demanda pelo metal.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

mercado ouro