Finanças

Ouro continua recuperação e fecha em alta, apoiado por dólar fraco após BCE

O contrato futuro mais líquido do ouro continuou o movimento de recuperação no preço e fechou em alta pelo terceiro pregão consecutivo, apoiado pelo dólar em baixa, após a decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para dezembro subiu 0,48%, a US$ 1.964,3 a onça-troy.

Além de deixar os juros e o seu programa de compra de ativos inalterados, o BCE apresentou projeções econômicas mais otimistas e a presidente da instituição, Christine Lagarde, disse que a apreciação do euro contribuirá para pressões “moderadas” nos preços.

“Vemos isso como um resultado hawkish, em parte devido à falta de um sinal dovish apesar das preocupações sobre um euro mais forte”, avalia o analista Jacob Nell, do Morgan Stanley.

Os sinais dados pelo BCE impulsionaram o euro, o que pressionou a moeda dos EUA. Com o dólar mais barato, os contratos do ouro, que são cotados na divisa americana, ficam mais atraentes para detentores de outras moedas.

“Até agora, o ouro está defendendo amplamente seus ganhos”, comenta o analista de metais Carsten Fritsch, do banco alemão Commerzbank, em referência ao movimento de recuperação das perdas registradas na semana passada.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago


Tópicos

mercado de ouro