Finanças

Ouro cai em meio à sinalização de que acordo EUA-China pode sair em breve

O ouro fechou em queda nesta terça-feira, 14, pressionado pela sinalização do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que um acordo comercial com a China pode ser assinado em breve.

O ouro para junho negociado na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fechou em baixa de 0,42%, a US$ 1.296,30 a onça-troy.

Na manhã desta terça, Trump recorreu ao Twitter para afirmar que um acordo com a China será concluído “no momento certo”, o que deverá ser “muito mais rápido do que as pessoas pensam”. A declaração animou os investidores, que retomaram o apetite à risco e voltaram às bolsas, deixando de lado investimentos considerados mais seguros, como o ouro.

Além disso, o metal precioso também foi pressionado pelo dólar, que opera fortalecido. Quando o dólar fica mais forte, o ouro, cotado na divisa americana, fica mais caro para investidores que operam em outras divisas, diminuindo a demanda pelo metal amarelo.

Tópicos

mercado de ouro