Edição nº 1142 14.10 Ver ediçõs anteriores

Os tablets não param de encolher (e não é de tamanho)

Os tablets não param de encolher (e não é de tamanho)

Quando o iPad, da Apple, foi lançado, em 2010, muitos analistas acreditaram que o equipamento criado por Steve Jobs, morto em 2011, poderia revitalizar o mercado de computadores. Nos primeiros anos, as vendas explodiram. Agora, eles enfrentam um ocaso no mundo e no Brasil.

Segundo dados da consultoria IDC, foram vendidos quatro milhões de tablets, no Brasil, em 2016, uma diminuição de 32%. É o segundo ano consecutivo de queda. Os smartphones de telas grandes estão substituindo iPads e similares na preferência dos consumidores.

(Nota publicada na Edição 1010 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Bate-papo em ascensão

(Nota publicada na Edição 1142 da Revista Dinheiro)

“South Park” banido na China

Em sua 23a temporada, a série animada “South Park” centrada em quatro crianças e que satiriza a sociedade contemporânea – a americana [...]

Deepfake, mas pode chamar de pornfake

Segundo reportagem da CNN, cerca de 96% dos deepfakes – vídeos com alto poder de manipulação de imagem e/ou som de pessoas a partir de outros vídeos – consistem em conteúdo pornográfico. Os especialistas da Deeptrace, empresa especializada em segurança cibernética, encontraram pelo menos 14 mil deepfakes vídeos on-line em uma pesquisa recente, aumento de […]

Um bilionário envergonhado. Isso sim é unicórnio

Dois dos principais investimentos do SoftBank, Uber e WeWork, têm se mostrado decepcionantes. As ações da Uber caíram mais de 30% desde [...]

0,83 segundo

Tempo que levará para carregar o distrito de Manhattannum game do Homem Aranha rodando no PlayStation 5 contra 8,3 segundos do PS4. O [...]
Ver mais