Edição nº 1149 02.12 Ver ediçõs anteriores

Os brasileiros e os influenciadores digitais

Os brasileiros e os influenciadores digitais

A julgar por pesquisa realizada pela Spark, empresa de marketing de influência, em parceria com o Instituto Qualibest, de pesquisas on-line, os influenciadores digitais (celebridades ou não) ainda têm muita credibilidade no Brasil – ao contrário do que vêm dizendo os especialistas internacionais sobre diminuição do poder desses comunicadores. Os analistas argumentam que a Geração Z é mais pé no chão que os Millenials e, por isso, vem buscando figuras mais próximas, com alcance menos abrangente, para que possa ter uma conversa mais particular a respeito da experiência de compra. O estudo Spark/Qualibest procurou “mesurar o poder e as formas de influência nas redes sociais, avaliar a receptividade e reações do consumidor às ações pagas e (mapear) os hábitos de consumo e engajamento com influenciadores”. Foram ouvidas cerca de 2.100 pessoas de todos os gêneros e classes sociais do Brasil todo.

(Nota publicada na Edição 1149 da revista Dinheiro)


Mais posts

Microsoft apoia empreendedorismo feminino no Brasil

As mulheres ainda não têm presença marcante no empreendedorismo digital – e isso não é segredo para ninguém. Elas são apenas 15,7% dos [...]

Celular, o preferido dos americanos para notícias

Cada vez mais usuários de internet leem notícias pelo smartphone, em detrimento de desktop e laptop. Pelo menos entre os [...]

Tubi, na Amazon

A plataforma de streaming de video Tubi agora está disponível nos dispositivos Amazon Echo Show. Claro, por enquanto, nos EUA. É o primeiro serviço de vídeo gratuito (financiado por anúncios) oferecido no streaming da Amazon. Agora, o usuário americano manda o Alexa – comando de voz do mega e-commerce – passar o filme. O Tubi […]

Sustômetro

O guia Mozilla dos dispositivos mais “assustadores” começa com esta pergunta: “O quão assustador (creepy) é aquele alto-falante [...]

Lei anti-fake news é usada em Cingapura

Cingapura usou pela primeira vez sua lei anti-fake news, a Lei de Proteção contra Falsidades e Manipulação On-line, POFMA, ao ordenar [...]
Ver mais