Revista

Orçamento dos sete erros

Orçamento dos sete erros

Inteligência Artificial já! IBM! Google! Russos! Huawei! Qualquer um. Nos usem como laboratório para experiências de gestão por software. Porque o Brasil decididamente não anda fácil. Na quinta-feira (25), com 100 dias de atraso, o Congresso aprovou o Orçamento 2021. Bem, essa é a história. Na real, aprovou uma aberração. Uma peça minúscula em termos de inteligência aplicada.

 

DÁ-LHE, PEQUIM. THANKS, OBAMA

LI GANG

No sábado (27) a China fechou um acordo para investir US$ 400 bilhões no Irã ao longo de 25 anos em troca de suprimento constante de petróleo para abastecer sua economia. O valor é praticamente um PIB anual iraniano. Algo como investir no Brasil 65 anos do Bolsa Família. De acordo com o The New York Times o acerto deve aprofundar a influência da China, de Xi Jinping, no Oriente Médio e minar os esforços americanos para manter o Irã isolado. Em tese, Joe Biden quer retomar as negociações sobre a questão nuclear iraniana, do qual Donald Trump se esquivou. A China, ao contrário dos EUA, cumpriu sua palavra nessa história.

ACORDO MINADO

Chandan Khanna

Era 2010. Lula e o turco Recep Erdogan. Esse era o duo. De acordo com inúmeras reportagens e o livro A Single Roll of the Dice, do analista americano Trita Parsi, a pedido de Barack Obama os dois seguiram para tentar com o Irã um acordo envolvendo o programa nuclear persa. Só foram escalados porque Washington imaginava que os dois nada conseguiriam. Bois de piranha. Por isso, paralelamente Obama costurava sanções contra Teerã. Mas não é que a dupla de capiaus mandou superbem e conseguiram o inimaginável acordo! A Obama só restou minar tudo e todos. Dez anos e pouco depois, a China vem… A História, como o Tinhoso, cobra o preço em vida.

IMPEACHMENT! MAS EM SANTA CATARINA

Cláudio Marques

Desde a segunda-feira (29), o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), está afastado do cargo. A continuidade do processo de impeachment foi aprovada sexta-feira (26). A suspensão ocorre por até 120 dias. A decisão foi tomada pelo tribunal de julgamento formado por desembargadores e deputados. Cinco desembargadores votaram a favor. Quatro deputados votaram contra, até que o quinto parlamentar, Laércio Schuster (PSB), juntou-se aos desembargadores, fechando 6 a 4. No lugar, assumirá a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido). A mesma que no ano passado teve de negar publicamente apoio ao nazismo depois de o pai, um professor de história (sic), ter negado o holocausto.

ENFIM, DESENCALHOU

Divulgação

Não são muitas as opções. Ou foi a natureza (ventos não previstos) ou foi falha humana. Ou uma combinação dos dois. Pois o meganavio Ever Given travou o Canal de Suez por seis dias, entre 23 e 29 de março. Com isso, manteve parados atrás pelo menos três centenas e meia de embarcações. Por ali passam cerca de 10% do tráfego mercantil global. A embarcação foi construída no Japão e está sob gestão técnica de uma empresa alemã. O navio desencalhou por causa da Lua Cheia. Com ela, a maré subiu.

“Um embaixador é um homem honesto mandado ao exterior para mentir por seu país” Henry Wotton (1568-1639), diplomata inglês.

Evandro Rodrigues