Sustentabilidade

Orangotangos de Bornéu passam por testes de coronavírus

Orangotangos de Bornéu passam por testes de coronavírus

Veterinário coleta amostra nasal de um orangotango na ilha de Bornéu, em imagem fornecida pelo departamento de fauna selvagem do estado de Sabah, na Malásia - MALAYSIA'S SABAH WILDLIFE DEPARTMENT/AFP

Quase trinta orangotangos na Malásia em grave risco de extinção foram subtmetidos a testes diagnósticos de coronavírus, um desafio para os veterinários, que precisaram obter amostras nasais dos primatas.

Os testes de antígenos nessas criaturas ocorreram na última terça-feira (7) no estado de Sabah, na ilha de Bornéu, e todos apresentaram resultado negativo, informaram as autoridades locais.

Foram os primeiros testes realizados em orangotangos neste país do sudeste asiático e foram decretados depois que as equipes do centro de reabilitação e do parque se contagiaram com o coronavírus.

“Os testes foram uma ferramenta fundamental de ajuda durante esta pandemia. É de importância similar para a população de orangotangos”, disse Sen Nathan, assistente de direção do Departamento de Fauna Selvagem do estado de Sabah.



“Esta doença poderia ser muito prejudicial para sua saúde e reverter sua reabilitação”, afirmou.

Os veterinários continuarão vigiando os primatas de perto, realizando testes com frequência, informaram as autoridades.

Há registros de casos de animais infectados com covid-19. No fim de semana, o zoológico de Atlanta anunciou que vários de seus gorilas deram positivo para o vírus.

Cães e gatos domésticos e ao menos um furão também foram infectados.

A Malásia enfrenta um forte aumento dos casos de coronavírus, impulsionado pela contagiosa variante delta, com milhares de casos e centenas de mortes registradas diariamente.

Os orangotangos de Bornéu estão “em risco crítico” de extinção, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).

Suas populações diminuíram em mais de 50% nos últimos 60 anos, de acordo com a organização WWF, à medida que o habitat florestal dos animais se reduzia para deixar espaço para plantações agrícolas.

A ilha de Bornéu é dividida entre Malásia, Indonésia e Brunei.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago