Giro

Oposição pede investigação sobre suposto “orçamento paralelo” do governo

Oposição pede investigação sobre suposto “orçamento paralelo” do governo

Homem caminha perto do prédio do Congresso Nacional em Brasília

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – O líder da oposição na Câmara, Alessandro Molon (PSB-RJ), afirmou nesta segunda-feira que vai pedir uma investigação ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Tribunal de Contas da União (TCU) acerca de um suposto esquema de compra de tratores e maquinários com recursos de emendas parlamentares por fora dos controles orçamentários para privilegiar aliados do presidente Jair Bolsonaro no Congresso.

“Diante das gravíssimas denúncias de que o governo Bolsonaro teria criado um orçamento paralelo para montar uma base aliada no Congresso via toma lá da cá, vamos representar ao TCU e MPF para que investiguem o ‘Bolsolão'”, disse o parlamentar, no Twitter.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, o sistema de compra dos tratores seria superfaturado e privilegiaria aliados de Bolsonaro no Congresso.

Em nota, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) repudiou as acusações.

“As compras por entes conveniados citadas na reportagem são realizadas com base em normas previstas. É o município quem faz a pesquisa de preços e realiza a licitação do equipamento. Vale ressaltar que todas as transferências estão em fase de prestação de contas em aberto. Qualquer irregularidade porventura detectada será encaminhada para órgãos de defesa do Estado”, afirmou.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH4911S-BASEIMAGE

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel