Giro

Oposição húngara toma prefeitura de Budapeste do partido de Viktor Orban

Oposição húngara toma prefeitura de Budapeste do partido de Viktor Orban

Gergely Karacsony discursa após vencer as eleições para a prefeitura de Budapeste, Hungria, 13 de outubro de 2019 - AFP

O partido do primeiro-ministro húngaro, o ultraconservador Viktor Orban, foi derrotado neste domingo (13), nas eleições municipais de Budapeste pela oposição unida em torno de um candidato de centro-esquerda, segundo resultados parciais.

Apurados 68% dos votos, o opositor Gergely Karacsony vencia com 50,1% dos votos o prefeito em fim de mandato e candidato da situação à reeleição, Istvan Tarlos, que contabilizava 44,8%.

Tarlos, que governava Budadpeste desde 2010, ligou para seu adversário para cumprimentá-lo, disse um de seus porta-vozes à AFP.

A conquista da prefeitura da capital húngara era o objetivo principal proposto nestas eleições pelos opositores de Orban, um líder soberanista e cujo partido, Fidesz, domina a cena política húngara há dez anos.

Prefeito de um distrito de Budapeste, Gergely Karacsony recebeu o apoio de vários partidos de esquerda, liberais e de centro.

Segundo resultados parciais de domingo à noite, a oposição também vencia em várias cidades importantes, enquanto o Fidesz deveria vencer em grande quantidade de cidades pequenas e médias.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança