Negócios

Operação de telefonia móvel da Oi é vendida por R$ 16,5 bilhões

Crédito: Divulgação/Oi

A Oi passa por uma grave crise fiscal e está vendendo alguns de seus ativos para pagar credores (Crédito: Divulgação/Oi)

Em um leilão virtual organizado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (14), a Oi vendeu sua unidade de telefonia móvel para o consórcio Tim, Claro e Vivo por R$ 16,5 bilhões.



O processo, que vinha se desenrolando desde o meio do ano, foi adquirido pelas maiores empresas de telefonia do Brasil. Elas fatiarão os mais de 33,7 milhões de clientes do setor de telefonia da Oi e o processo deve ser concluído entre o fim de 2021 e início de 2022.

+ Venda da Oi concentrará ainda mais a telefonia
+ Oi lança marketplace com itens de informática, jogos, telefonia e eletrônicos

Sem concorrência, as três operadoras levaram o negócio em pouco mais de 30 minutos e agora a compra estará sujeita a análise da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?