Negócios

Operação de telefonia móvel da Oi é vendida por R$ 16,5 bilhões

Crédito: Divulgação/Oi

A Oi passa por uma grave crise fiscal e está vendendo alguns de seus ativos para pagar credores (Crédito: Divulgação/Oi)

Em um leilão virtual organizado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (14), a Oi vendeu sua unidade de telefonia móvel para o consórcio Tim, Claro e Vivo por R$ 16,5 bilhões.

O processo, que vinha se desenrolando desde o meio do ano, foi adquirido pelas maiores empresas de telefonia do Brasil. Elas fatiarão os mais de 33,7 milhões de clientes do setor de telefonia da Oi e o processo deve ser concluído entre o fim de 2021 e início de 2022.

+ Venda da Oi concentrará ainda mais a telefonia
+ Oi lança marketplace com itens de informática, jogos, telefonia e eletrônicos

Sem concorrência, as três operadoras levaram o negócio em pouco mais de 30 minutos e agora a compra estará sujeita a análise da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel