Economia

Operação Conclave: não houve bloqueio de R$ 1,5 bilhão

Diferentemente do que a Polícia Federal divulgou nesta quarta-feira, 19, na Operação Conclave, a Justiça não decretou o bloqueio de R$ 1,5 bilhão de alvos das medidas cautelares. A PF solicitou a indisponibilidade e bloqueio no montante de R$ 1,5 bilhão, mas a Justiça, no entanto, não acolheu o pedido.

A Operação Conclave foi deflagrada pela PF na manhã desta quarta-feira. O objetivo da ação é investigar a aquisição possivelmente fraudulenta de ações do Banco Panamericano pela Caixa Participações S.A. (Caixapar). A operação de aquisição de ações do Panamericano pela Caixapar é investigada por ter potencialmente causado expressivos prejuízos ao erário federal.

O nome da Operação, em razão da forma sigilosa com que foram tratadas as negociações para transação ocorrida entre o Banco Panamericano e a Caixapar, faz alusão ao ritual que ocorre a portas fechadas entre cardeais na Capela Sistina, na cidade do Vaticano, com a intenção de escolher um novo Papa para a Igreja Católica.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?