Economia

ONU pede investigação de operação policial que deixou 25 mortos no Rio

ONU pede investigação de operação policial que deixou 25 mortos no Rio

Policiais apontam suas armas durante operação na favela do Jacarezinho no Rio de Janeiro

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) – O escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu nesta sexta-feira uma investigação independente sobre uma operação policial contra traficantes de drogas na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, que deixou 25 pessoas mortas, incluindo um policial.

A operação realizada na quinta-feira, na qual helicópteros foram usados, parece ser a mais letal em uma década, em uma longa história de uso “desproporcional e desnecessário” da força pela polícia, disse o porta-voz da ONU para Direitos Humanos Rupert Colville em uma entrevista da ONU em Genebra.

“Pedimos à promotoria que conduza uma investigação independente e ampla sobre o caso, de acordo com os padrões internacionais”, disse Colville.

A força deve ser usada somente como último recurso e a polícia não tomou medidas para preservar as evidências na cena do crime, acrescentou ele.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH460IW-BASEIMAGE

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel