Giro

ONU adverte que Iêmen pode se tornar um ‘Estado inviável’

ONU adverte que Iêmen pode se tornar um ‘Estado inviável’

(Arquivo) Tropas do governo enfrentam rebeldes no Iêmen - AFP/Arquivos

A guerra no Iêmen pode tornar o país um “Estado inviável e de reconstrução muito difícil”, advertiu em entrevista à AFP o diretor local do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Auke Lootsma.

Dezenas de milhares de pessoas já morreram por causa do conflito, que teve início em 2014 e deu origem a uma das piores crises humanitárias do planeta, segundo a ONU. “A guerra tem que acabar agora. Os iemenitas já sofreram o suficiente”, declarou Lootsma.

O país mais pobre da Península Arábica enfrenta “a pior crise de desenvolvimento no mundo” e o diretor destacou que o sistema de saúde local foi devastado e muitas crianças não têm acesso à educação. “Se continuarmos assim, o Iêmen será um país de reconstrução muito difícil. Se outros bens forem destruídos e as pessoas se tornarem cada vez mais pobres, ele se tornará um Estado inviável.”

Lootsma pediu aos possíveis doadores que aportem uma ajuda financeira considerável durante a conferência que ONU, Suíça e Suécia irão organizar nesta segunda-feira.

Forças pró-governo apoiadas por uma coalizão regional liderada pela Arábia Saudita enfrentam no Iêmen os rebeldes huthis, que contam com o apoio do Irã.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel