Giro

OMS diz que não tem informações suficientes sobre vacina russa contra covid-19

O conselheiro-sênior da Organização Mundial da Saúde (OMS), Bruce Aylward, afirmou nesta quinta-feira, 13, que a entidade ainda não tem dados para avaliar a vacina desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia, contra o novo coronavírus.

“Não temos informações suficientes para comentar sobre ela”, afirmou o conselheiro durante coletiva de imprensa. Ele acrescentou que a agência está em conversas com autoridades russas para entender melhor esse imunizante.

Aylward também informou que a vacina russa não está entre as nove que inicialmente estão incluídas no portfólio da iniciativa Covax.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?