Giro

OMS/coronavírus: máscaras não previnem contágio, mas ajudam a reter transmissão

Máscaras de proteção são indicadas apenas para pessoas que já contraíram o coronavírus, como forma de prevenir a transmissão da doença. A recomendação foi feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS), durante coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça, nesta quinta-feira, 27.

Representantes da entidade explicaram que a prevenção contra o coronavírus é similar às medidas contra a gripe, como higienização constante das mãos. No entanto, eles explicaram que, diferentemente da influenza, o coronavírus ainda pode ser contido. “Com medidas de contenção, é possível ver recuo no número de casos”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel