Mundo

OMS convoca reunião de emergência após casos de varíola do macaco passarem de 100 na Europa

OMS convoca reunião de emergência após casos de varíola do macaco passarem de 100 na Europa

Logo da OMS em Genebra



Por Jennifer Rigby e Natalie Grover

LONDRES (Reuters) – A Organização Mundial da Saúde (OMS) marcou uma reunião de emergência nesta sexta-feira para discutir o recente surto de varíola do macaco, uma infecção viral mais comum nas regiões oeste e central da África, após a confirmação ou suspeita de mais de 100 casos na Europa.

No que é descrito pela Alemanha como o maior surto da doença na história na Europa, os casos agora foram confirmados em pelo menos cinco países: Reino Unido, Espanha, Portugal, Alemanha e Itália, assim como Estados Unidos, Canadá e Austrália. 

Identificada primeiramente em macacos, a doença se espalha tipicamente através do contato próximo e raramente se propagou para além da África, o que fez a atual série de casos levantar preocupações. 



Cientistas, no entanto, não esperam que o surto evolua para uma pandemia como a Covid-19, já que o vírus não se transmite com tanta facilidade como o Sars-Cov-2.

A varíola do macaco é uma doença viral leve, caracterizada por sintomas como febre e erupções cutâneas características.

“Com vários casos confirmados no Reino Unido, Espanha e Portugal, este é o maior e mais generalizado surto de varíola do macaco já registrado na Europa”, afirmou o serviço médico das Forças Armadas da Alemanha, que detectou o primeiro caso no país nesta sexta.


Fabian Leendertz, do Instituto Robert Koch, da Alemanha, descreveu o surto como uma epidemia. 

“Embora seja muito improvável que essa epidemia dure muito. Os casos podem ser bem isolados através do rastreamento de contato, e há também remédios e vacinas eficazes que podem ser utilizadas se for necessário”, disse.

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4J0WB-BASEIMAGE