Economia

OMC autoriza UE a retaliar EUA por subsídios à Boeing, mas bloco quer acordo

A Organização Mundial de Comércio (OMC) anunciou nesta terça-feira, 13, decisão que autoriza a União Europeia a retaliar os Estados Unidos por causa de subsídios dados pelo país à Boeing. A retaliação pode chegar a US$ 3,99 trilhões ao ano no total, segundo a entidade.

A OMC diz que os EUA não conseguiram comprovar seus argumentos, ao apresentar alegações contra a UE no caso. Agora, esta poderá lançar tarifas contra produtos americanos, para fazer valer a decisão.

Vice-presidente executivo da UE, Valdis Dombrovskis disse no Twitter que o bloco pretende agora retomar o diálogo com os EUA “de maneira construtiva” para decidir sobre os próximos passos. Segundo ele, a UE prefere um acordo negociado, mas se isso não ocorrer “seremos forçados a defender nossos interesses e responder de maneira proporcional”.



Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago