Geral

Olimpíadas de Tóquio recebem milionários do esporte: veja os atletas mais bem pagos

Crédito: Reprodução/Instagram Kevin Durant

Bicampeão olímpico, Kevin Durant é o atleta mais bem pago dos Jogos de Tóquio 2021 (Crédito: Reprodução/Instagram Kevin Durant)

Depois de adiado em um ano devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, os Jogos Olímpicos de Tóquio começam nesta quarta-feira (21), embora a cerimônia de abertura seja realizada apenas na sexta (23).



Segundo um levantamento realizado pela Forbes, os nove atletas mais bem pagos dos Jogos de Tóquio ganharam, juntos, R$ 353 milhões no ano de 2020. Entre eles estão cinco estrelas consagradas pela NBA, a liga de basquete dos Estados Unidos, três jogadores de tênis e um golfista.

+ De olho na Covid, organizadores da Olimpíada alertam para participantes seguirem protocolos

+ Compositor da cerimônia de abertura de Olimpíada renuncia por relatos de bullying no passado

Saiba mais sobre o Top 5 da lista:



1 – Kevin Durant – US$ 75 milhões
Astro do Brooklyn Nets, Kevin Durant já possui duas medalhas de ouro olímpicas (Londres 2012 e Rio de Janeiro 2016) e parte rumo à terceira. Durant, que já foi bicampeão da NBA pelo Golden State Warriors em 2017 e 2018, tornou-se um recente empresário ao comprar participação em uma empresa ligada ao time de futebol Philadelphia Union. Ele também possui sua empresa de venture capital, a Thirty Five.

2 – Naomi Osaka – US$ 60 milhões
Pelo segundo ano consecutivo, a tenista japonesa bateu o recorde de atleta feminina mais bem paga. Com apenas 23 anos, a nova estrela do tênis mundial é listada pela Forbes como o 12º atleta mais bem pago deste ano.

3 – Damian Lillard – US$ 40.5 milhões
O craque do Portland Trailblazers tem 31 anos e possui patrocínios da Adidas, Gatorade, entre muitos outros. Em 2014, o jogador da NBA renegociou um contrato com a Adidas no valor de US$ 100 milhões para lançar um tênis assinado pelo atleta. Lillard também integra o grupo de rap D.O.L.L.A, com três discos de estúdio lançados.

4 – Novak Djokovic – US$ 34.5 milhões
O líder do ranking mundial de tênis e maior vencedor de grand slams da história ao lado de Roger Federer e Rafael Nadal, Djokovic ganhou US$ 2,4 milhões neste ano apenas por vender o tornio de Wimbledon, disputado em piso de grama na Inglaterra. Com 34 anos, reúne fortuna com patrocínios da Lacoste, Peugeot, NetJets entre outros.

5 – Rory Mcilroy – US$ 32 milhões
Dos grandes nomes do golde ao lado de Tiger Woods, Mcilroy tem 32 anos e acumula fortuna com patrocínios da Nike, Omega e outras. Ele ganhou US$ 15 milhões em premiações por vencer, em 2019, a FedEx Cup.

Confirma os demais atletas da lista:

6 – Devin Booker – americano jogador da NBA – US$ 31.6 milhões

7 – Kei Nishikori – tenista japonês – US$ 30.5 milhões

8 – Khris Middleton – americano jogador da NBA – US$ 27 milhões

9 – Jrue Holiday – americano jogador da NBA – US$ 23 milhões

Atletas brasileiros

O Brasil vai enviar 301 atletas para disputarem 25 modalidades, entre os quais 79,7% são bolsistas patrocinados individualmente pelo Governo Federal.

Dentre os beneficiários do “Bolsa Atleta”, a maior parte ganha repasses mensais entre R$ 5 mil e R$ 15 mil, em categoria destinada a atletas que estão entre os 20 melhores do mundo em suas modalidades. Entre os Jogos do Rio 2016 e Tóquio 2020, o investimento direto do governo federal para 240 bolsistas foi de R$ 55,8 milhões.


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?