Política

Olavo de Carvalho diz que teve conta no Paypal fechada

Crédito: Divulgação

Os cursos online ministrados por Olavo de Carvalho não podem mais ser pagos por meio do Paypal, plataforma que atua na viabilização de pagamentos online (Crédito: Divulgação)

Os cursos online ministrados por Olavo de Carvalho não podem mais ser pagos por meio do Paypal, plataforma que atua na viabilização de pagamentos online. A informação foi divulgada pelo próprio Olavo em publicação nas redes sociais.

“Eis o tipo de debate democrático que os comunistas praticam: tanto se esforçaram, que conseguiram fechar a minha conta do Paypal.”, escreveu o astrólogo em seu Facebook.

+ Luciano Hang pede dinheiro para Olavo de Carvalho
+ Mercado Livre e PayPal anunciam integração dos serviços de meios de pagamento

O anúncio feito por Olavo de Carvalho do fechamento de sua conta do Paypal ocorre após uma série de alertas feitos à empresa pelo Sleeping Giants Brasil, versão brasileira de um movimento que alerta empresas quando sua publicidade é veiculada em sites que veiculam desinformação ou conteúdo racista.

Nesta terça-feira, por exemplo, o perfil fez uma publicação no Twitter, na qual marcou os perfis do Paypal e da PagSeguro e pediu que as empresas “apliquem os seus termos de uso e parem de lucrar com fake news e discurso de ódio”. Ao longo das últimas semanas, o perfil fez pelo menos sete publicações sobre este caso.

Questionado por um de seus seguidores se, mesmo assim, ele conseguiria receber pagamento pelos seus cursos por outros meios, Olavo respondeu que “sim, obrigado”. No site de venda de seus cursos, ainda consta como possibilidade realizar pagamentos por meio da plataforma Pag Seguro.

Procurado pela reportagem, o Paypal afirmou ter o compromisso de “revisar diligentemente qualquer usuário” para garantir que os serviços da empresa sejam usados de acordo com “política de uso aceitável”. A empresa, no entanto, não forneceu detalhes sobre o caso específico.

Leia a nota do Paypal:

Como sempre, temos o compromisso de revisar diligentemente qualquer usuário do PayPal para garantir que nossos serviços sejam utilizados de acordo com nossa política de uso aceitável. O PayPal avalia cada situação de forma independente e com base em nossos próprios processos de revisão e análise interna. Embora não possamos fornecer detalhes sobre contas de clientes de acordo com a política da empresa, se tomarmos conhecimento de atividades que violam a política, tomaremos as medidas apropriadas.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?