Edição nº 1125 14.06 Ver ediçõs anteriores

O tuíte mais caro da história

Boca fechada não entra mosca. E nem custa milhões de dólares. Essa é uma lição que Elon Musk, o fundador e CEO da Tesla, precisou aprender na marra. Por conta de uma mensagem publicada no Twitter em agosto, o empresário foi multado em US$ 20 milhões pela Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês). Outros US$ 20 milhões serão cobrados dos acionistas majoritários da empresa. Não bastasse isso, ele precisou renunciar à presidência do conselho de administração da fabricante de veículos e ainda passou a ter todas as suas comunicações supervisionadas. Na ocasião, o executivo escreveu no microblog que estava cogitando fechar o capital da Tesla caso as ações atingissem a cotação de US$ 420 cada. A postagem causou polêmica e fez a empresa ver seus papéis se valorizarem 11% no dia seguinte. O problema é que a publicação foi interpretada pelo SEC, o órgão que regula o mercado americano, como uma tentativa de manipular os acionistas e cometer fraude corporativa. melhor ter ficado quieto.

(Nota publicada na Edição 1090 da Revista Dinheiro)


Mais posts

5G na América Latina tende para Huawei

Não deve ter sucesso as contundentes investidas do governo Donald Trump de brecar a presença da chinesa Huawei na instalação de redes [...]

Deepfake já engana 3 em 5 pessoas

Pesquisadores americanos da Universidade de Stanford fizeram experimentos de voz em vídeos – acrescentando, excluindo ou alterando [...]

Google faz US$ 4,7 bilhões com notícias

Não existe uma grande redação, um robusto corpo de jornalistas ou mesmo uma operação e processos que remetam a algo parecido a um veículo de comunicação. Ainda assim, apenas em 2018, o Google fez US$ 4,7 bilhões a partir de conteúdo jornalístico de terceiros nos Estados unidos, de acordo com dados da News Media Alliance, […]

Perfil do desenvolvedor

Boa parte das empresas – em especial as gigantes – amplia seus projetos de inovação e tecnologia com desenvolvedores que trabalham fora [...]

Perfil do desenvolvedor

Boa parte das empresas – em especial as gigantes – amplia seus projetos de inovação e tecnologia com desenvolvedores que trabalham fora da estrutura formal. A StockOverflow traz um dos maiores painéis sobre o perfil desse profissional, com perguntas que chegam a ser respondidas por 94 mil pessoas do mundo todo. Mais da metade delas […]

Ver mais