Edição nº 1137 09.09 Ver ediçõs anteriores

O rei dos vinhos e o vinho dos reis

O rei dos vinhos e o vinho dos reis

Esqueça a região francesa da Borgonha e a italiana da Toscana. O vinho mais caro do mundo é produzido na Hungria e já foi chamado de “o vinho dos reis” por Luís XIV, o Rei-Sol. Até o início do século 20, a região dos Cárpatos era uma das principais produtoras de vinho da Europa, mas as duas guerras mundiais e a anexação de parte da região à antiga União Soviética prejudicou a produção. Com a queda da Cortina de ferro nos anos 80, a vinícola local Royal Tokaji assumiu a missão de produzir vinhos de altíssima qualidade na região. Ela conseguiu com o Essencia, vinho feito em processo especial de envelhecimento de uvas com o fungo Botrytis Cinerea, criando uma bebida doce e suave no processo de fermentação que pode durar até oito anos. São necessários 181 quilos de uva para uma única garrafa magnum. Considerada uma das melhores safras da história, a de 2008 começou a ser vendida agora. São apenas 18 unidades a € 35 mil cada. Com isso, o Essencia se tornou vinho como o mais caro do mundo disponível no mercado.

(Nota publicada na Edição 1121 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Porsche lança seu turbo elétrico

A Porsche apresentou, nessa semana, o Taycan, seu primeiro veículo 100% elétrico, com previsão de chegada ao mercado brasileiro em [...]

Duas noites em Manhattan por US$ 50 mil

O hotel The Ritz-Carlton New York – Central Park, em frente ao icônico parque de Manhattan, criou um pacote de US$ 50 mil para [...]

Coleção de arte do arquiteto Leoh Ming Pei vai a leilão

O arquiteto norte-americano de origem chinesa Leoh Ming Pei (1917-2019), responsável pela construção da pirâmide de vidro no Museu do [...]

A nova jogada da Hugo Boss

A Hugo Boss, grife de moda alemã, agora é a marca oficial dos jogadores do Inter de Milão. A parceria com o clube italiano, válida até [...]

Apartamento de Meryl Streep procura novo morador

O apartamento da premiada atriz Meryl Streep está de volta ao mercado por US$ 18,25 milhões, redução de 25% do valor original. O imóvel [...]
Ver mais