Giro

O que acontece quando o teste dos viajantes dá positivo para a Covid nas férias?

Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Um casal americano se preparava para retornar aos EUA após uma viagem à Grécia, quando um resultado positivo no teste de Covid os interrompeu. (Crédito: Reprodução/Redes Sociais)

Não há como negar que sair de férias se tornou muito mais complicado devido à Covid-19. Com mais de um ano de pandemia, as restrições de fronteira ainda estão mudando constantemente à medida que novas variantes surgem, enquanto o PCR e os testes de antígeno se tornaram parte integrante das viagens.
Muitos países exigem que os viajantes apresentem resultados negativos do teste Covid na entrada, independentemente do status de vacinação, e em alguns casos façam testes de acompanhamento, enquanto alguns destinos, incluindo os EUA, exigem que as pessoas produzam um resultado negativo do teste antes da viagem de volta.
Mas o que acontece se você testar positivo depois de chegar a um novo destino?
Esta é uma situação difícil que vários viajantes enfrentaram ao longo do último ano. Em agosto, um casal americano estava se preparando para retornar aos Estados Unidos após uma viagem de duas semanas à Grécia, quando um resultado positivo no teste de Covid os interrompeu.
Poucas horas antes do horário marcado para embarcar no voo de volta para os Estados Unidos, eles descobriram que Warren Watson havia testado positivo para Covid-19. Como a Grécia permite a entrada de viajantes totalmente vacinados sem restrições, o casal, que está vacinado, não foi obrigado a se submeter a nenhum teste PCR antes da viagem. No entanto, eles precisaram fornecer resultados negativos do teste Covid para voar para casa.
Pouco depois de receber os resultados, o casau recebeu um telefonema das autoridades gregas e providências foram prontamente tomadas para que fossem transferidos para um hotel de quarentena fornecido pelo governo grego. Embora a maioria das apólices de seguro de viagem cubra os custos relacionados à quarentena, a dupla não havia contratado seguro para as férias.
“Tivemos a sorte de a Grécia ter hotéis em quarentena pelos quais o governo paga”, disse Watson, que vinha apresentando alguns sintomas leves de Covid dias antes de receber um resultado positivo de Covid. 
Felizmente, os sintomas de Watson continuaram a ser leves durante a quarentena. O casal conseguiu voltar para casa sete dias depois, sem incorrer em nenhum custo extra.
“Eu nunca viajaria sem [seguro] agora”, diz DeMuth. “Tivemos a sorte de estar em um país que foi muito gentil com o que eles fazem, mas nunca quereríamos contar com isso.”
As coisas certamente poderiam ter sido muito diferentes se eles tivessem escolhido passar as férias em outro destino. Por exemplo, os visitantes da Itália são obrigados a pagar suas próprias taxas de quarentena antecipadamente se o teste for positivo após a chegada.
O valor do benefício depende inteiramente da apólice escolhida. A maioria dos planos oferece um mínimo de US $ 2.000 em despesas de quarentena, hospedagem e acomodação e interrupção da viagem até 100% do custo da viagem. 
Se o viajante quiser, muitas apólices oferecem a opção de adquirir cobertura adicional de até US $ 7.000 para cobrir os custos de quarentena e um benefício de interrupção de viagem de até 150% do custo da viagem. 




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?