Edição nº 1058 23.02 Ver ediçõs anteriores

O polêmico manifesto de um funcionário do Google

O polêmico manifesto de um funcionário do Google

Um manifesto escrito por um funcionário do Google está causando polêmica na empresa. O autor, o engenheiro sênior James Damore, condena a política de diversidade adotada pela companhia de Sundar Pichai. Segundo ele, a prática que visa a dar oportunidades para todas as pessoas, independentemente de fatores como cor de pele, sexo ou crença, acaba resultando na contratação de profissionais menos qualificados. Originalmente publicado na rede interna do Google, o texto foi alvo de críticas pesadas de outros funcionários da empresa e também de internautas que leram parte do artigo que vazou na internet. Após o incidente, ele foi demitido. A demissáo gerou outras críticas, dessa vez por uma falta de liberdade de expressão da companhia. “Ele ultrapassou um limite ao dar espaço a estereótipos de gênero em nosso espaço de trabalho”, afirmou Pichai, em uma mensagem a todos os funcionários do Google. “Sugerir que um grupo de colegas tem traços que o tornam biologicamente menos preparado para um emprego é ofensivo e não é bom.”

(Nota publicada na Edição 1031 da Revista Dinheiro)


Mais posts

O negócio do fantasma

Evan Spiegel, fundador e CEO do Snapchat, realizou sua primeira venda de ações desde o IPO da companhia, em março de 2017:   (Nota [...]

52ª

Foi a posição do Brasil no ranking de velocidade da internet 4G com média de 19,67 Mbps Fonte: OpenSignal (Nota publicada na Edição 1058 da Revista Dinheiro)

A Uber vai fazer você andar

A Uber quer reduzir o valor das corridas em seu aplicativo de transporte. A empresa americana lançou, na quarta-feira 21, a modalidade [...]

Google Pay chega ao Brasil

Agora é possível realizar pagamentos em lojas físicas utilizando o aplicativo Google Pay. A plataforma, que armazena informações de [...]

A aposta corporativa da 99

A 99 já sabe no que precisa investir para crescer cada vez mais no Brasil. No ano passado, a empresa brasileira multiplicou por seis os [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.