Gestão e Carreiras

O mercado financeiro não é só para quem quer investir. Principais bancos e corretoras do setor estão contratando em escala.

Crédito: Divulgação

O mercado financeiro não é só para quem quer investir. Principais bancos e corretoras do setor estão contratando em escala. (Crédito: Divulgação)

Quando se fala de mercado financeiro, a primeira coisa que vem a mente é a possibilidade de ganhar dinheiro através de aplicações financeiras. Mas esse mercado, que está passando por um crescimento acelerado, oferece oportunidades além de ser um investidor.

Como todo setor em expansão, o mercado financeiro está contratando profissionais especializados em grande escala. E o problema é exatamente esse, no Brasil faltam profissionais especializados em investimentos, fazendo com que sobrem vagas.

Além das áreas comuns que qualquer empresa precisa contratar como: jurídico, administrativo, marketing, RH, contabilidade, dentre outras, bancos e corretoras possuem algumas profissões que são especificas do segmento. E a que está tendo o maior crescimento são os assessores de investimentos.

Esses profissionais podem ser divididos em 3 grandes grupos: Os assessores de clientes de alta renda, chamados como private bankers, os assessores que atendem pessoas que já possuem um bom patrimônio, mas ainda não alta renda e os agentes autônomos de investimentos, que são pequenos empreendedores ligados a instituições financeiras, mas que não são funcionários.

Existem estimativas que apontam para cerca de 11 mil profissionais nessa profissão em todo o Brasil, número bastante baixo se compararmos com países mais desenvolvidos, como EUA, que possuem cerca de 1,3 milhões de assessores. Para se ter uma ideia, existem mais milionários do que assessores de investimentos no Brasil.

Esses Profissionais são responsáveis por fazer as pessoas investirem melhor. O AAI é quem faz a distribuição de ativos mobiliários de uma corretora de valores ou de um banco para investidores, orientando sobre os melhores investimentos para os seus clientes. Sua remuneração varia de acordo com sua capacidade de captar, manter e fidelizar clientes. Quanto mais captar, maior será o seu retorno financeiro, com muitos chegando a ter renda anual bem acima da média brasileira.

De acordo com Felipe Gentil, CEO da Proseek, escola de negócios focada no Mercado Financeiro, o grande segredo para ter uma alta renda é a segmentação. “A principal atividade do Agente Autônomo é a captação de recursos. Ele tem que trazer dinheiro dos investidores para dentro da plataforma e ganha no repasse dos produtos que os clientes investem”, explica.

Nos últimos anos, ocorreu uma transformação gigantesca no Brasil: a taxa Selic, que é a taxa básica de juros do país, chegou a 2%, o menor valor da história, e mesmo com reajuste recente, a nova realidade do Brasil no longo prazo é de uma média de juros muito menor do que tínhamos. Isso motivou muitas pessoas físicas começassem a investir. Entretanto, a falta de entendimento sobre ativos financeiros e não saber como escolher as aplicações mais rentáveis fez com que esses novos investidores buscassem o apoio de especialistas que lhe auxiliassem nesse processo.

“O Agente Autônomo vai ser o pivô dessa transformação, o grande facilitador dessa mudança na vida das pessoas, atendendo a essas demandas cada vez mais complexas nesse cenário de juros baixos, com qualidade de serviço, com inteligência de alocação e profundo conhecimento dos produtos e das pessoas. É um papel crítico, crucial, estratégico e relevante”, conta Felipe.

Oportunidade de Empreender

O Agente Autônomo de Investimentos é o dono do seu negócio, se tornando um empreendedor. Ele trabalha com sua produtividade, tendo sua rentabilidade diretamente relacionada a sua força tarefa, podendo ter o seu próprio escritório ou trabalhando em home office. “Essa é a grande vantagem de você escolher essa carreira, porque você vai crescer tão rápido quanto suas pernas estiverem dispostas a andar”, afirma Felipe Gentil.

A importância dos agentes autônomos de investimentos para os bancos e corretoras também vem aumentando. Praticamente todos as empresas do setor estão com vagas abertas e a disputa pelos melhores tem sido feroz.

O ano de 2020 ficou marcado por uma movimentação inimaginável, alguns dos maiores bancos de investidores do Brasil passaram a disputar alguns dos escritórios de agentes autônomos que vinham se destacando. Alguns escritórios passaram a ser simplesmente comprados por bancos como se fossem startups valiosas, como o caso do EQI, comprado pelo BTG.

Montar um escritório de agente autônomo de investimentos é muito mais simples do que montar uma startup ou iniciar uma franquia. É necessário conquistar uma certificação da Ancord através de uma prova, se associar a uma instituição financeira que distribui produtos de investimento, sendo que as principais possuem programa de incentivo e de aceleração e começar a trabalhar.

A Prossek, uma das principais empresas de formação de assessores de investimento e agentes autônomos de investimento, publicou uma série gratuita para ajudar as pessoas que querem acessar essa carreira.