Negócios

O Globo: Petrobrás irá negociar com o Uruguai sua saída do país

A operação da estatal brasileira no vizinho do sul é deficitária, e já soma prejuízos de US$ 116 milhões

O Globo: Petrobrás irá negociar com o Uruguai sua saída do país

Estatal reduz preço cobrado pelo combustível pela décima vez este ano


A atuação da Petrobras no Uruguai é composta por duas distribuidoras de gás natural: a Conecta, que abastece o interior do país, e a MontevideoGas, responsável por levar o combustível para a capital. Porém a operação da estatal brasileira no vizinho do sul é deficitária, e já soma prejuízos de US$ 116 milhões, segundo reportagem do jornal O Globo. Por conta disso, o plano da empresa vender suas distribuidoras e sair da atividade de distribuição de combustível e lubrificantes, que hoje conta com 89 postos no país.

A situação deficitária aconteceu porque desde o processo de concessão, o Uruguai mudou suas regras de distribuição de gás ao longo dos anos, e entre 2005 e 2015, o valor do combustível aumentou em oito vezes. Como o único gás que chega lá é o argentino e deve ser vendido por valor tabelado e com subsídio do estado, a operação deixou de ser lucrativa para a Petrobrás, que alega estar transferindo renda brasileira para o Uruguai.

Com a situação posta, a estatal começará uma negociação com o governo do Uruguai para sua saída do país. A Petrobrás já levou a situação da Conecta para a arbitragem internacional, que decidiu a favor da brasileira para uma renegociação de contrato a fim de equilíbrio econômico-financeiro, mas negou pedido de rescisão e pagamento de indenização por perdas.