Edição nº 1045 17.11 Ver ediçõs anteriores

O fim das repúblicas de bananas

O fim das repúblicas de bananas

A expressão república de bananas foi cunhada pelo escritor americano O. Henry, em 1904, e refere-se, pejorativamente, a países pouco desenvolvidos. O termo pode perder o sentido, em breve. Não pelo súbito desenvolvimento do antigo “terceiro mundo”. A situação decorre do possível desaparecimento da banana. Um fungo, conhecido como fusarium, vem dizimando plantações na Austrália, na Ásia e, agora, na África e no Oriente Médio. A América Latina, maior exportadora mundial, deve ser a próxima. O problema é que a doença, até o momento, se mostra resistente a qualquer tipo de pesticida. Cientistas da Universidade de Quensland, na Austrália, recentemente, iniciaram testes com uma versão geneticamente modificada da espécie Cavendish, a mais vendida no mundo. Trata-se da melhor chance de salvar a fruta mais popular do planeta.

(Nota publicada na Edição 1040 da Revista Dinheiro)


Mais posts

A virada energética

A transição para uma matriz energética totalmente limpa é viável. Na verdade, o que impede o mundo de chegar a essa realidade, até [...]

Beleza natural

O senador Gladson Cameli (PP/AC) protocolou um Projeto de Lei que torna obrigatória a colocação de tarja informativa sobre o uso de [...]

A cidade inteligente de Gates

A Belmond Partners, empresa de investimentos imobiliários controlada por Bill Gates, fundador da Microsoft, investiu US$ 80 milhões na [...]

Xícara de café, literalmente

O designer alemão Julian Lechner desenvolveu uma forma eficiente de descartar as sobras do cafezinho. Utilizando borra de café e colas [...]

O caminho para o desmatamento zero

As ONGs Greenpeace, Instituto Centro de Vida, Imaflora, Imazon, Instituto Socioambiental, IPAM, TNC e WWF apresentaram um relatório com ações que podem eliminar, no curto prazo, o desmatamento na Amazônia. O documento foi divulgado na segunda-feira 13, durante a COP23, conferência do clima da ONU. A saída está na implementação de políticas públicas ambientais efetivas […]

Ver mais