Edição nº 1088 21.09 Ver ediçõs anteriores

O fim das estações

O fim das estações

Outono no Arkansas: imagens como essas prometem se tornar cada vez mais raras

Para muitas pessoas, em especial, as mais velhas, existe uma sensação de que os anos têm sido climaticamente bastante diferentes de como conheciam no passado. A própria mudança das estações parecia mais acentuada. Agora, pela primeira vez, cientistas divulgaram um estudo concluindo que o ser humano está, de fato, desequilibrando as estações. Com evidências que vão além da constatação de que as árvores estão florescendo antes do esperado em muitas partes do Hemisfério Norte. O estudo feito pelo Laboratório Nacional Lawrence Livermore, nos Estados Unidos, e publicado no periódico Science, defende que a probabilidade é de cinco em 1 milhão de que as mudanças recentes ocorrem naturalmente sem a interferência humana. Os autores perceberam que a atmosfera acima das zonas temperadas têm hoje maior irregularidade no ritmo das estações. Além disso, o aquecimento global trouxe um aumento mais rápido da temperatura dos verões, registrada na troposfera (a camada mais baixa da atmosfera), do que o crescimento da média no restante do ano, como os pesquisadores esperavam que aconteceria por conta da emissão de gases de efeito estufa. Saiba mais:

(Nota publicada na Edição 1081 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Os vilões das praias

As sacolas e os canudos plásticos ganharam status de vilões dos mares por serem altamente nocivos ao meio ambiente. Mas à beira-mar o [...]

Cessar-fogo

A centenária marca de luxo britânica Burberry provocou a ira de ambientalistas ao reportar, em julho, que incinerou o equivalente a £ [...]

Chuva no Saara

Ninguém imagina, mas o árido e inóspito deserto do Saara, localizado no norte da África, já foi uma região de savanas e pradarias, com [...]

Economia da natureza

A busca pela compreensão da economia sob um viés ecológico é o pano de fundo da terceira edição do livro Economia do Meio Ambiente, [...]

Fim dos alpes suíços?

Ao compilar dados e imagens de satélite dos últimos 22 anos, os cientistas da Universidade de Genebra e do Programa da Organização das [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.