Live da Dinheiro

“O Brasil precisa legalizar a cannabis medicinal”, afirma Patrícia Villela Marino

Crédito: Divulgação

Ela também falou sobre temas como a fome, a ressocialização de presas e dos tabus sobre a cannabis medicinal (Crédito: Divulgação)

A empresária e ativista Patrícia Villela Marino foi a convidada da live da DINHEIRO, na quinta-feira, 22. Cofundadora e presidente do Instituto Humanitas 360 e de outra organização não governamental, a CIVI-CO, Patrícia conversou sobre empreendedorismo cívico-social e as relações entre filantropia e investimentos de impacto social. No bate-papo, ela também falou a respeito de outros temas, como a fome, a ressocialização de presas e dos tabus sobre a cannabis medicinal. “O Brasil precisa legalizar a cannabis”, afirmou.

A Humanitas 360 atua em diversos países das Américas com o propósito de diminuir a violência e melhorar a qualidade de vida da população. Para isso, promove o engajamento dos cidadãos e a transparência das instituições; o que, para Patrícia, são condições indispensáveis para restaurar a paz social no continente.

+ “Quatro em cada dez bebidas destiladas comercializadas no Brasil são ilegais”, afirma Cristiane Foja

“Diminuir a desigualdade, assim como cuidar das pessoas encarceradas, é um ato de inteligência. Na hora que a gente começar a gerar renda e não só ganhar dinheiro, nós passamos para outro patamar. Estamos capacitando mulheres que possam empreender nas suas vidas, nos seus negócios, para quando elas saírem da prisão e tiverem pago para com a sociedade a sua pena”, diz.

Ainda durante a conversa, Patrícia falou sobre a questão da fome no Brasil. Para ela, a comoção em torno da diminuição da fome no Brasil deve ser acompanhada de indignação. “O sistema falhou. Nós não podemos continuar discutindo a fome. Não podemos matar a nossa indignidade para que políticas públicas sejam alteradas ou constituídas. Caridade e filantropia não podem substituir governos”, conclui.

Assista a entrevista completa a seguir:

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel