Estilo

O aroma do amor

Crédito: Divulgação

Em 1947, passados os horrores da Segunda Guerra, o estilista Christian Dior (1905-1957) decidiu criar uma fragrância que fosse sinônimo de felicidade, de poesia e do que ele chamava de “harmonia reencontrada”. Sua orientação era clara: “Faça um perfume que exale amor”.

Assim nasceu Miss Dior, ainda hoje símbolo de feminilidade com alma de alta-costura. “Todos os nossos sentidos são despertados pela sensualidade do buquê floral do novo Miss Dior Eau de Parfum”, afirmou François Demachy, perfumista de 72 anos que trabalhou por décadas na Dior, Pucci e Tiffany.

Segundo ele, a sensualidade das rosas é intensificada pelo lírio-do-vale, com um acorde de peônia e alperce (damasqueiro). No site shop.dior.com.br.

(Nota publicada na edição 1254 da Revista Dinheiro)