O app de quem não tem plano

O app de quem não tem plano

Pelos cálculos do Minis-tério da Saúde, uma consulta médica pelo SUS pode demorar mais de 12 meses em várias regiões do País. Ao descobrir isso, o empresário Felipe Burattini decidiu criar uma plataforma com o objetivo desburocratizar a saúde. Foi aí que nasceu o Dandelin, aplicativo que promove agendamento de consultas com base em economia compartilhada,  socializando os custos entre todos os membros de sua comunidade. A mensalidade nunca ultrapassa o valor de R$ 100 por usuário e não há limite para atendimentos médicos. “Percebemos a dificuldade das pessoas que não têm condições de ter planos de saúde possuem em relação ao SUS. A Dandelin veio para auxiliar essa grande parcela da população. Já contamos com 2.400 usuários e mais de 600 médicos cadastrados”, diz Burattini.

(Nota publicada na Edição 1121 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?


Mais posts

Locação em baixa, investimento em alta

Mesmo com o índice de desocupação de imóveis residenciais e comerciais em alta no estado de São Paulo, que passou de 18% para 24% desde [...]

Zukkin mira nos preços

A Zukkin Brasil, empresa de inteligência de preços do Grupo Maxinvest, fechou parceria com a Associação Paulista de Supermercados [...]

Ford turbina vendas virtuais

Para driblar as dificuldades impostas pela pandemia, montadoras e concessionárias se voltam cada vez mais para os eventos comerciais virtuais. A DMA, dona da plataforma Pregão de Vendas, realizou uma live para a Ford que resultou em aumento de 55% nas vendas do dia e em mais de 400 negociações. Para o evento, foram prospectados […]

Diversidade treinada

Levantamento do Instituto Ethos, analisando o perfil social, racial e de gênero das 500 maiores empresas do Brasil, reforça as [...]

Tá ruim, mas tá bom

A aérea brasileira Azul não tem os chuveiros cromados da Emirates, os chocolates Godiva da Lufthansa, o champanhe Taittinger Comtes [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.