Edição nº 1121 17.05 Ver ediçõs anteriores

O ânimo de Sam Zell com o Brasil

O ânimo de Sam Zell com o Brasil

O bilionário investidor americano Sam Zell (acima) continua apostando alto no Brasil. Em 2011, ele investiu numa empresa de self storage, ou guarda coisas, com três unidades.

Passados seis anos, a Guarde Aqui, companhia que conta com capital dos fundos Equity International, de Zell, e de outros como o Pátria e o Morgan Stanley Alternative Investment Partners, já anotou a marca de 15 unidades espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. E mais seis serão inauguradas até o fim do ano. Detalhe: o investimento em cada unidade é de R$ 30 milhões.

“Até o fim de 2020, teremos 50 unidades e o investimento total será de R$ 1 bilhão”, diz Alan Paiotti (ao lado), CEO da Guarde Aqui. De onde vem tanta animação? “Quando as empresas fecham, muitas guardam seus equipamentos. Quem trabalha com distribuição também usa os boxes para armazenar e as pessoas também precisam de espaço para guardar o que acumulam”, diz Paiotti.

(Nota publicada na Edição 1037 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Carlos Eduardo Valim)


Mais posts

Maconha liberada, lucro bilionário

Se fosse liberado, o mercado de cannabis acessível (maconha regulamentada e lícita) movimentaria cerca de US$ 2,4 bilhões no Brasil, [...]

O app de quem não tem plano

Pelos cálculos do Minis-tério da Saúde, uma consulta médica pelo SUS pode demorar mais de 12 meses em várias regiões do País. Ao [...]

“Demos uma jamanta para Bolsonaro dirigir, mas ele não tem habilidade para isso”

Antonio Setin, presidente da incorporadora Setin, se diz desapontado com o desempenho do governo do presidente Jair Bolsonaro. Para [...]

Aos 100 anos, Hilton vai apostar nos latinos

Prestes a celebrar o seu aniversário de 100 anos, a rede americana de hotéis de luxo vai apostar na expansão dos negócios na América do [...]

Andorinha voa mais alto

Pela primeira vez na história, o Azeite Andorinha, de Portugal, é líder no mercado brasileiro. Entre 2016 e 2018, as vendas cresceram [...]
Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.