Negócios

Novos sócios do eBay cobram mudanças na empresa para sair da crise

O plano dos novos sócios coloca em cheque outras empresas da companhia como Stubhub e eBay Classified Group. Segundo previsões, valor das ações podem dobrar em caso de sucesso

Novos sócios do eBay cobram mudanças na empresa para sair da crise

Ao perder mercado para a Amazon, o eBay amargou em 2018 perda de um quarto de seu valor de mercado. Com o preço das ações da empresa girando em torno de US$ 33,2, o plano é subir este valor para um patamar entre US$ 55 e US$ 63, ao menos para o fundo de hedge Elliot Management, que recentemente comprou mais de 4% da empresa que custou cerca de US$ 1,4 bilhões. Quem também comprou participações na empresa foi o fundo Starboard Value.

Os dois chegam ao e-commerce com uma proposta de reestruturação após a veterana da internet ter perdido market share. Em carta enviada ao conselho administrativo do eBay, a Elliot sugeriu a separação do carro chefe da companhia das subsidiários Stubhub (venda de ingressos) e eBay Classified Group (página de classificados). Outra medida sugerida foi a recompra de ações  no valor de US$ 5 bilhões.

A chegada dos fundo animou os investidores, que chegaram a valorizar a empresa em cerca de 10%, número que caiu ligeiramente nos últimos dias e se manteve em 9,52%, maior alta desde setembro de 2018.

O plano da Elliot é focar na revitalização do marketplace da empresa, limpando “estruturar organizacionais ineficientes” e estabilizar a liderança da companhia que “sofreu um alarmante nível de revés recentemente”. O fundo acredita que se colocar a cabo seu projeto, dobrará o valor das ações da empresa.

A Reuters, o eBay disse que vai analisar a proposta da Reuters, enquanto representantes da Starboard não se pronunciaram sobre o assunto.