Giro

Novas tecnologias revelam retrato de mulher nua escondida sob obra de Picasso

Crédito: Reprodução/Divulgação

retrato escondido foi revelado por uma imagem de raios-X fluorescente e depois foram usadas técnicas de processamento de imagem (Crédito: Reprodução/Divulgação)

Dois alunos de doutorado em aprendizagem automática na Universidade de Londres, no Reino Unido, e fundaram a Oxia Palus, uma empresa que pretende ressuscitar obras de arte perdidas, com recurso a tecnologia. Deste projeto, a dupla encontrou um retrato nu de uma mulher agachada, escondido sob um quadro original de Pablo Picasso.

O “Lonesome Crouching Nude” foi pintado na tela antes de 1903, data em que Picasso criou por cima o “The Blind Man’s Meal”. Este retrato escondido foi revelado por uma imagem de raios-X fluorescente e depois foram usadas técnicas de processamento de imagem para revelar os verdadeiros contornos da pintura. Por fim, a equipe elaborou um algoritmo de Inteligência Artificial para recriar as pinceladas de Picasso e recorreu a uma impressora 3D para imprimir o quadro ‘oculto’ numa nova tela.

+ França receberá nove obras de arte novas de Picasso

O nu data do chamado Período Azul de Picasso e presume-se que o artista não quisesse ter pintado por cima: “Naquela altura, ele era pobre e os materiais artísticos eram caros, por isso, provavelmente pintou por cima de um trabalho anterior com muita relutância”, explica George Cann, um dos alunos à CNN. “Gostaria que Picasso ficasse feliz por saber que o tesouro que escondeu para as gerações futuras está sendo revelado 48 anos após a sua morte e 118 anos depois de o quadro ter sido escondido”, complementa o pesquisador.



A mesma figura feminina é retratada em outras obras e em alguns desenhos, pelo que se assume que o artista pudesse ter uma afinidade com a mulher retratada.

Ty Murphy, especialista nem obras de Pablo Picasso e que trabalha para a Domos Art Advisors, afirma que o quadro entretanto recriado, com base nas descobertas tecnológicas, assemelha-se a uma obra do Período Azul, mas uma análise mais próxima de um perito permitiria revelar que o quadro não é um original do artista. Ainda assim, este especialista considera que, com tempo, a tecnologia vai conseguir produzir resultados muito convincentes. Por outro lado, o perito também não vê qualquer inconveniente com este tipo iniciativas: “A história nos mostra que as pessoas sempre emularam o trabalho dos artistas. Isto é uma exploração da mente de Picasso”.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km