Giro

Nova carteira de identidade nacional passa a valer em um mês; veja como será

Crédito: Reprodução/Governo Federal

A nova carteira de identidade nacional (CNI) começará a ser emitida inicialmente no Rio Grande do Sul (Crédito: Reprodução/Governo Federal)



O governo federal entregou nesta segunda-feira (27) as primeiras unidades da nova carteira de identidade nacional (CNI) durante evento no Palácio do Planalto com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

A nova carteira de identidade usará o Cadastro Nacional de Pessoa Física (CPF) como o número de identificação. O novo documento começará a ser emitida em 4 de agosto inicialmente no Acre, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. A expectativa é de os outros estados passem a emitir o novo modelo até março de 2023.

+ Novo RG está valendo desde março; confira como tirar

O documento conta com um QR Code que facilita a confirmação de sua autenticidade, além de outras melhorias, como a inclusão do código MRZ, o mesmo usado em passaportes, e que pode fazer com o que a nova carteira de identidade possa ser usada como documento de viagem. Atualmente, o Brasil só tem acordo com países do Mercosul para o uso da identidade em postos migratórios.




A CIN terá a versão física e também a versão digital, com a segunda podendo ser emitida pelo aplicativo Gov.BR após a emissão da versão física. O novo modelo permitirá a fácil identificação de pessoas com necessidade especiais e a substituição dos documentos será feita de forma gradual e gratuita. A versão atual da cédula de identidade continuará valendo até 2032.

Novo Passaporte

Na mesma cerimônia foi apresentado o novo modelo do passaporte brasileiro. O documento segue com o brasão da República na capa e conta com homenagens às regiões do país através de ícones que representam o bioma e cultura de cada local.

O novo passaporte começará a ser produzido a partir de setembro seguindo os procedimentos atuais. O valor para sua emissão também segue o mesmo, R$ 257,25, e com prazo de validade de dez anos.