Negócios

Notre Dame reverte lucro e tem prejuízo de R$ 27,9 milhões no 1º trimestre

A operadora de planos de saúde Notre Dame Intermédica apresentou no primeiro trimestre de 2021 prejuízo de R$ 27,9 milhões, revertendo o lucro observado um ano antes, de R$ 160,4 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) somou R$ 137 milhões no primeiro trimestre, queda de 64,3% ante o mesmo período de 2020. Já o Ebitda ajustado caiu 52,8% no intervalo, para R$ 189,3 milhões.

Entre janeiro e março, a empresa apresentou um resultado financeiro positivo de R$ 49,9 milhões, alta de 52,4% sobre igual período de 2020. A receita líquida cresceu 13,4% entre o primeiro trimestre de 2020 e de 2021, para R$ 2,903 bilhões.

No intervalo, o número de hospitais subiu de 23 para 29, enquanto o total de beneficiários passou a 6,613 milhões, alta de 7,9% na comparação anual.
“Ao longo do primeiro trimestre, o GNDI dedicou-se à conclusão das aquisições assinadas em 2020, simultaneamente com as atividades relacionadas à combinação de negócios com a Hapvida. As oportunidades de M&As continuarão a impulsionar a consolidação do mercado”, diz a empresa, na mensagem da administração que acompanha os resultados.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago